Nossa Senhora do Rosário


Era costume entre os nobres, na Idade Média, como outrora entre os Romanos, por na cabeça coroas de flores, chamadas “capellae“. Ofereciam-se essas coroas às pessoas de distinção, a título de vassalagem. Soberana do Céu e das almas, a Virgem tem direito às mesmas homenagens; também a Igreja nos exorta a oferecer-lhes uma tríplice coroa de rosas, a que se dá o nome de Rosário.

Foi principalmente para recordar o insigne benefício da vitória de Lepanto sobre o Islã, em 7 de outubro de 1571, vitória devida à recitação do Rosário, que foi estabelecida a festa de Nossa Senhora do Rosário. Esta festa, a princípio local, foi depois estendida a toda a Igreja; Leão XIII elevou-a ao rito de festa de segunda classe, com missa e ofício novos.

Gaudeamus omnes in Dómino, diem festum celebrantes sub honóre beátae MARIA Vírginis, de cujus solemnitáte gaudent Angeli, et colláudant Fílium DEI. Ps. Eructávit cor meum verbum bonum: dico ego ópera mea Regi.


Advertisements

Deixe seu comentário aqui

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s