O que são as indulgências?

O que é uma indulgência? 

Uma indulgência é o perdão das penas de pecados já perdoados. Absolvida a culpa, é perdoada a pena de condenação eterna, mas restam penas temporais que deveriam sofrer aqui, na terra ou no purgatório. Não sendo a nossa reparação suficiente, a Igreja preenche a falta com os tesouros dos merecimentos superabundantes de Jesus Cristo e dos santos, concedendo uma indulgência. 
Quantas espécies de indulgências se distinguem? 
Distinguem-se duas espécies: a plenária que remite toda a pena temporal, e a parcial que apenas remite parte determinada da pena devida ao pecado. 
Que declarou o Concílio de Trento? 
O Concílio de Trento declarou verdade de fé que o uso das indulgências é salutar ao povo cristão. 
Quais são as vantagens espirituais que nos traz o uso das indulgências? 
O uso das indulgências: 
a) Estimula o espírito de penitência, porque é exigido o afastamento e a purificação do pecado; 
b) Promove a recepção dos Santos Sacramentos da Confissão e Comunhão e as visitas à Igreja, condições essas exigidas geralmente para se lucrarem as indulgências concedidas pela Santa Igreja; 
c) Consola as almas no temor da justiça divina, porque se vêem libertadas das penas; 
d) São um meio fácil de se aliviarem as almas do purgatório, aplicando-lhes as indulgências lucradas. 
Quais as condições gerais para se lucrarem indulgências? 
a) Intenção, isto é a vontade de lucrar a indulgência. Basta, entretanto, o propósito de lucrar todas as indulgências ligadas a certos atos que se praticam; 
b) Estado de graça: Quem está em pecado mortal é como morto para a vida sobrenatural e não se remitem as penas temporais por uma indulgência a quem ainda é réu da pena eterna; 
c) Purificação também das culpas leves, das quais Deus perdoará as penas. Para este fim, a pessoa fará um ato de contrição, isto é, de arrependimento perfeito, por amor. É mister ter estas condições, enquanto se cumprirem os últimos atos prescritos. 
Fonte: Manual da Ordem Terceira da Penitência. Editora Vozes, 1960. Págs. 147 e 148.

Advertisements

Deixe seu comentário aqui

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s