IDADE MODERNA E CONTEMPORÂNEA: A democracia

Origem – As primeiras tentativas democráticas surgiram na Grécia, em Atenas. A República Romana, ainda que não fosse uma forma democrática (não havia limites de poder), apresentou alguma coisa neste sentido. Na Idade Média o feudalismo, e na Moderna o absolutismo, impediram o desenvolvimento das idéias democráticas. Porém na Idade Contemporânea, com a Revolução Francesa e revoluções nacionais, e em nossos dias com a Grande Guerra, se implantou decisivamente o poder democrático.

Conceito – Entende-se por democracia a organização política que dá oportunidades iguais aos indivíduos, em igualdade de condições.

Dentro das formas democráticas só há um poder, do qual emanam todas as outras funções: é a soberania da nação ou vontade popular. Esta soberania estabelece o limite do poder que ela concede às autoridades. Este limite do poder é a Constituição.

Como defesa desse limite é estabelecido o voto universal e a separação das funções, de maneira que uma regula a outra nas suas funções. Há dois tipos principais de democracia: liberal e social. Na democracia liberal visam-se interesses das pessoas, de preferência; na democracia social, o das coletividades. A democracia se baseia no poder da maioria, e tem fornecido oportunidade para excessos de individualismo.

A democracia na Europa – A grande tentativa para a implantação da democracia na Europa foi realizada em 1789, com a Revolução Francesa, procurando concretizar as idéias de Rousseau, Montesquieu, e Voltaire. Com o Congresso de Viena, a democracia sofreu uma grande perda, mas ficaram latentes os seus ideais, como foi demonstrado mais tarde com a revolução de 1848. De fato a Europa, em 1848, foi sacudida por uma série de revoluções, que alguns historiadores já têm reunido com o nome de “Família de Revoluções Democráticas”. Manifestaram-se elas mais acentuadamente na França, Alemanha, Itália e Áustria. Em muitos pontos foram os democratas vencidos pelo absolutismo, mas já a maioria das nações monárquicas evoluía para a forma democrática, pois já eram monarquias constitucionais. Em 1870, depois da guerra franco-prussiana, a democracia se acentuou definitivamente na França. A Grande Guerra se encarregou de destruir os últimos tronos absolutistas que permaneciam na Europa central (Alemanha e Áustria).

Democracia na América – As nações americanas adotaram logo após a sua independência a forma democrática. Mesmo o Brasil, que manteve a monarquia, estabeleceu também o regime constitucional. Os Estados Unidos fundaram desde logo uma república. O período áureo da democracia nos Estados Unidos se estende de 1829 a 1860. Depois disto os Estados Unidos foram dirigidos pela classe dos industriais, que desvirtuaram os princípios democráticos em benefício de uma política imperialista. Nota-se hoje nesse país uma grande reação democrática.

Modernamente as doutrinas democráticas passaram a ser combatidas, como incapazes de resolver os problemas político-sociais do mundo atual. A crítica, que provém dos extremismos, não tem entretanto encontrado suficiente eco na América, porém na Europa a democracia já perdeu algum terreno.

________________________

PARA CITAR ESTA POSTAGEM:
IDADE MODERNA E CONTEMPORÂNEA: A indústria moderna, 2014, por Site Plínio Corrêa de Oliveira, São Paulo, SP, Brasil, visto em Mar. 2014 “http://www.pliniocorreadeoliveira.info/BIO_1936_Pre_Universit%C3%A1rio_16.htm”.

CONTATO:
allan.santosbr@gmail.com

Advertisements

Deixe seu comentário aqui

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s